Conheça Os Conceitos Do Turismo

Venha conhecer mais sobre o Turismo

ingles-para-viagem-curso.jpg

Destacamos a definição formal de turismo dada pela OMT (2003, p18): “Atividades das pessoas que viajam e permanecem em lugares fora de seu ambiente habitual por não mais de um ano consecutivos para lazer, negócios ou outros objetivos”.

Os conceitos de Turista, Excursionista e Visitante

São viajantes todas as pessoas que são consumidoras dos serviços turísticos. Todavia, segundo classificação da OMT, esses consumidores são divididos em três categorias: Turistas, Excursionistas e Visitante (IGNARRA, 2003).

TURISTA – Da mesma forma que o conceito de turismo passou por diversas definições no decorrer dos anos,  muitas definições para a palavra “turista” foram mediadas até que em 1954, a Organização das Nações Unidas – ONU conceituou turista como (Apud IGNARRA, 2003, p.15):  “Toda pessoa sem distinção de raça, sexo, língua e religião  que ingresse no território de uma localidade diversa daquela em que tem residência habitual e nele permaneça pelo prazo mínimo de 24 horas e máximo de seis meses, no transcorrer de um período de 12 meses, com finalidade de turismo, recreio, esporte, saúde, motivos familiares, estudos, peregrinações religiosas ou negócios, mas sem proposta de imigração.” Que não pretende morar na localidade.

EXCURSIONISTA – Já os Excursionistas são visitantes temporários que permaneçam menos de 24 horas no país visitado, ou seja, eles não pernoitam no localidade turística. Essa definição foi então aprovada em 1968 pela OMT (Organização Mundial de Turismo), que passou a incentivar os países a adotá-la (BENI, 2001).

VISITANTE – Costumou-se designar o termo Visitante os passageiros de cruzeiros marítimos ou fluviais que visitam uma localidade, mas que pernoitam em suas embarcações (IGNARRA, 2003).

E aí você é um Turista, Excursionista ou Viajante? hahaha

Turismo Doméstico e Turismo Internacional

Para Cooper et al (2001), os turistas podem ser classificados em duas formas básicas, relacionadas com a natureza de suas viagens. Assim, pode-se fazer uma distinção básica entre turistas domésticos e internacionais.

Turistas Domésticos – O turismo doméstico diz respeito às viagens de residentes dentro do seu próprio país. Ignarra (2003) ainda divide os turistas domésticos em duas outras categorias: Os locais, quando ocorre deslocamento entre municípios vizinhos; e os regionais: Quando ocorre deslocamento em locais em torno de 200 a 300 km de distância da residência do turista.

Turistas Internacionais – Já o turismo internacional diz respeito a viagens fora do país de residência (podendo haver implicações em termos de moeda, língua, vistos), podendo ser a viagem intra-continental ou intercontinental.

Tipos de Turistas

Cohen (1979 apud IGNARRA, 2003, p.17-18) propôs a seguinte classificação para os turistas:

  • Existenciais – Buscam a paz espiritual pela quebra de sua rotina
  • Experimentais – Buscam conhecer e experimentar modos de vidas diferentes dos seus
  • Diversionários – Procuram recreação e lazer organizados, de preferência em grandes grupos
  • Recreacionais – Buscam entretenimento  e relaxamento  para recuperação de suas forças físicas e mentais.

Qual tipo de turista você é? Responda nos comentários!

Destinos Turísticos

Para que os movimentos turísticos ocorram, a destinação turística é o elemento principal.

Sem o local procurando pelo turista, não há viagem. Para Ignarra (2003, p. 19), essa destinação pode ser classificada de acordo com a sua amplitude.

Cabe destacar alguns desses conceitos:

  • Atrativo turístico – É o recurso natural ou cultural que atrai o turista para visitação. O conceito de atrativo turístico é bastante complexo, uma vez que a atratividade exercida por certos elementos varia de forma acentuada conforme o perfil do turista. Beni (2006) define atrativo turístico como “todo lugar, objeto ou acontecimento de interesse turístico que motiva o deslocamento de grupos humanos para conhecê-los”.
  • Complexo turístico – É o atrativo turístico que possui uma infraestrutura de hospedagem, alimentação e entretenimento, mas que não é um centro urbano. Um exemplo seria a Costa do Sauípe.
  • Centro turístico – É um aglomerado urbano que dentro de seu território atrativos turísticos que motivem a visitação. Alguns autores definem que se deve ter pelo menos 10 atrativos para que esse local possa ser considerado um centro turístico.
  • Zona turística – É um território amplo que agrupa mais de um centro turístico.
  • Pólo turístico – É o ponto central de uma área turística, a partir do qual  o desenvolvimento turístico se faz. Trata-se, assim, de um centro turístico equipado com infraestrutura turística, capaz de atrair os turistas e irradiá-los por toda a região no seu entorno.
  • Portões de entrada – Locais de entrada e/ou saída de uma zona turística.

Recursos Turísticos

Outro conceito fundamental para a compreensão do fenômeno estudado é o de recursos turísticos, que se constituem nos atrativos que se desenham a matéria prima do “produto turístico”.

Os atrativos naturais, segundo Beni (2006)  são os elementos do espaço geográfico que constituem a paisagem. Incluem: Planaltos e planícies; Litoral ou costa; Terras insulares; Hidrografia; Pântanos: Quedas d’água; Fontes hidrominerais ou hidrotermais; Parques; Reservas de fauna e flora: Grutas/cavernas; Áreas de caça e pesca.

praia-do-oscar-destaque-ilhabela.jpg

Já os atrativos culturais são as manifestações sustentadas por elementos materiais que se apresentam sob a forma de bens móveis ou imóveis (BENI, 2006). São exemplos de atrativos culturais: Monumentos; Manifestações culturais populares; Gastronomia local, etc.

tmp751612341698691074
Taj Mahal, Índia

O conceito de atrativo artificial é apresentado por alguns autores para definir aqueles atrativos “fabricados” pelo homem, porém sem a formatação cultural.  A Disneyworld seria um exemplo desse tipo de atrativo.

disney-world-orlando-NEWNEW0217.jpg

Como estudante de Gestão de Turismo vim trazer aqui no blog esses conceitos que todos amantes de viagem deveriam conhecer.

Nos Siga no Twitter, Facebook e Instagram: baudoturismo

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s